sexta-feira, 23 de abril de 2010

OPERAÇÃO FORÇA TOTAL EM VÁRZEA GRANDE







Na última sexta-feira o Comando Regional II desencadeou em toda sua área de circunscrição a Operação FORÇA TOTAL que teve como objetivo aumentar a ostensividade das ações policiais.
No município de Várzea Grande foram desencadeadas as manobras de barreiras, blitz, arrastões.
Esteve no Comando da Operação o CEL PM EDDIE - Comandante do CR-II auxiliado por toda equipe de Oficiais e praças. O Cel PM EDDIE afirmou que ações como estas repetirão com frequência em toda área do CR-II e contará com o apoio de efetivo e viaturas a serem designadas pelo novo Comandante Geral - Cel PM FARIAS que já esteve visitando o município de Várzea Grande.

As ações no Distrito do Cristo Rei foram comandadas pelo Cap PM EDYLSON - Comandante da 2ªCia/4ºBPM que buscou nos dados estatísticos de registros de ocorrências e das informações repassadas pela própria comunidade, atuando assim de maneira pontual nos problemas apresentados, especialmente aqueles relacionados ao uso e tráfico de substâncias entorpencentes, roubos e furtos.

domingo, 4 de abril de 2010

DOMINGO DE PÁSCOA DA BASE DE POLICIA COMUNITÁRIA E DO CURSO DE INCLUSÃO DIGITAL.















Neste domingo de páscoa o Comando da Base Cristo Rei CAP. PM EDYLSON, juntamente com seu Coordenador de Cursos DANILLO MORAES e alunos da Inclusão Digital da Base de policia comunitária do Cristo Rei, foram entregar ovos de chocolate no Pronto Socorro Municipal de Várzea Grande, fez presente na oportunidade a Ana Flavia, funcionária da Secretaria de Promoção Social que constantemente participa com os alunos da inclusão, já que uma vez fez parte da primeira turma que formou nessa Base.

Fomos recebidos pela nutricionista Maiza S. Araujo do PSM onde nos acompanhou em toda a entrega e muito bem atenciosa. Os alunos estavam muito alegres, pois faz parte do curso de Mobilização Social, onde adotaram a pratica do aprender fazendo.
Ver a alegria no rosto de uma criança fez com que nosso domingo de páscoa se tornasse mais gratificante frisa a aluna do curso.
A coordenadoria do PSM elogiou o trabalho da Policia Militar, pois atitude como essa faz com que nossas crianças comecem a entender que a policia também tem espírito solidário.
O coordenador Danillo Moraes já esta com todos os projetos programados para o ano de 2010, ele acredita que o social ainda é uma esperança de um futuro melhor para nosso Brasil.
Agradecemos a Policia Militar por prestar total apoio para que esse maravilhoso evento pudesse ser realizado, pois hoje conseguimos atingir todos os nossos objetivos sociais 244 ovos de chocolate foram entregues, parte para a pediatria do PSM, comunidades locais do Cristo Rei e filhos de militares que fazem parte da Base de Policia Comunitária do Cristo Rei.

Edição: Danillo Moraes

sábado, 3 de abril de 2010

PASCOA SOLIDARIA DA BASE DE POLÍCIA COMUNITÁRIA








Os Alunos de Incusão Digital deram inicio nesse feriado quinta feira a confecção dos ovos de chocolate, foram fabricados 244 ovos de chocolate para serem distribuidos na pediatria do pronto socorro de Várzea Grande neste domingo dia 04 de abril as 09 horas da manha.
Trabalho esse realizado em parceria com Policia Militar , CRAS Cristo Rei, Administração Regional Sr Paulo Roberto, Comercio do Grande Cristo Rei, Ana Flavia da Secretaria de Promoção Social de Várzea Grande, Damião Estagiário da Coordenadoria de Polícia Comunitária e todos alunos da Inclusão Digital da Base Comunitária do Cristo Rei.

Gerente de Base e Projetista:
CAP PM Edylson Figueiredo Pinte
Coordenação de Cursos e Palestrante:
Adm. Sistema e Teologo Danillo Moraes.
SD. PM Marlon
Relações Públicas C.I.A Cristo Rei



sexta-feira, 26 de março de 2010

A PREVENÇÃO É UMA FORMA DE EVITAR CRIMES BARBAROS - ESTAMOS MINISTRANDO PALESTRAS ENTRE EM CONTATO COM A BASE DE POLÍCIA COMUNITÁRIA DO CRISTO REI


No interrogatório, Edson Delfino reafirmou sequência da ação criminosa, acrescentou detalhes e caracterizou a si próprio como um monstro

O assassino Edson Alves Delfino depôs no Tribunal do Júri de forma a confirmar todo o relato que as testemunhas anteriores haviam dado sobre seu crime, que ceifou a vida do estudante Kaytto Guilherme Pinto, aos 10 anos. O próprio réu lembrou que, desde quando foi preso, em nenhum momento mentiu ou omitiu os fatos e se mostrou disposto a reconstituir toda a história, inclusive acrescentando detalhes na medida em que era interrogado.

O depoimento foi marcado por uma ambientação que só reforçou a tensão em torno da figura de “monstro” que o próprio Delfino atribui a si mesmo. Ele chegou vestindo uma roupa emprestada de um colega do presídio: jeans azul, chinelos e uma camiseta branca. Quando entrou no Tribunal para ser interrogado, o temporal sobre a cidade começava a se agravar e chegava-se a escutar trovoadas. Delfino mal tinha começado a falar quando a chuva engrossou e seu barulho sobre o teto do Fórum motivou a juíza Mônica Catarina Perri a suspender a sessão até que cessasse. Foram 20 minutos de intervalo. Depois, durante a fala, ele se mostrou incomodado pelos fotógrafos e, perguntado sobre detalhes do crime, várias vezes respondeu “não sei explicar”.

Delfino contou que, até as 11h do dia do crime, estava trabalhando como servente de pedreiro numa casa no bairro Verdão. Durante a semana em que esteve neste serviço, conta que, ao fim do expediente de manhã, sempre ia de moto para a casa da irmã no bairro Ouro Fino, região do CPA. Para escapar de blitz, era seu costume passar pelo Residencial Paiaguás e, somente então, chegar a seu destino. Antes disso, entretanto, Delfino passou no bairro Santa Isabel, onde diz ter bebido cerveja e pinga (ele era usuário de quatro tipos de remédios controlados, incluindo gardenal e diazepan).

Naquela segunda-feira, entretanto, pela primeira vez Delfino conta ter avistado Kaytto sozinho no ponto de ônibus. Logo que o viu, foi perguntá-lo para onde iria e o garoto respondeu que tomaria o ônibus para chegar ao escritório de seu pai, que só então, como o costume, deixaria Kaytto na escola. Na conversa, Delfino ganhou a confiança de Kaytto mencionando o nome de seu pai e de um outro parente do garoto. Disse que também se dirigia ao escritório de Jorgemar e que daria uma carona – antes, só teria de passar na casa da irmã para buscar outro capacete. Kaytto prontamente aceitou.

CRIME – Delfino, entretanto, rumou logo para um matagal a pouco mais de um quilômetro do ponto e adentrou com a moto no local – ermo, segundo seu próprio vocabulário de quem só estudou até a quinta série. Só depois de descerem do veículo Kaytto questionou Delfino sobre o que eles faziam ali. O assassino, então aplicou uma “gravata” para imobilizar o menino e ordenou que tirasse toda a roupa, sob ameaça. Delfino confessou inclusive a forma com a qual violentou o garoto no chão, mas disse que não ejaculou.

O assassino revelou no Tribunal que, enquanto era violentado, Kaytto não chorava, só dizia que contaria tudo para o pai e continuou afirmando que o denunciaria após o ato, quando já vestia sua roupa. Delfino conta que foi esta ameaça de denúncia que o levou a tentar matar o garoto. Aplicou-lhe, então outra gravata, desta vez para asfixiar Kaytto, que caiu desmaiado. Entretanto, ainda estava vivo, o que Delfino conferiu dando-lhe um pequeno empurrão com o pé. Para dar cabo da vida do estudante, Delfino pegou um pedaço de madeira e tirou-lhe a cueca para fazer um torniquete em seu pescoço, cortando de vez a respiração do garoto. Constatando a morte, o assassino simplesmente – e sem motivo, segundo ele mesmo – colocou a mochila do estudante sobre o corpo no chão, subiu na moto e fugiu. Foi encontrado e preso pela polícia quatro dias depois, tentando ir de ônibus até Campo Grande, onde mora seu pai.



Fonte. Jornal Diário de Cuiaba

RENÊ DIÓZ
Da Reportagem

Contato: 65-3901-9156 ou 65- 3901-8291
WebDesigner: Danillo Moraes

quinta-feira, 25 de março de 2010

A BASE DE POLICIA COMUNITÁRIA DO CRISTO REI MOSTRA DE FATO “PRA QUE VEIO!”

Ações sociais em tese não são relacionadas a POLICIA MILITAR, mas as modernas concepções de compromisso social trazem um novo paradigma para a segurança pública no Estado de Mato Grosso, afinal a POLICIA MILITAR, historicamente, inclusive, é a FORCA PÚBLICA que serve aos cidadãos.
Assim, dentro da filosofia de Policia Comunitaria, e dos novos contornos das ações da Polícia Militar, a BASE COMUNITARIA DO CRISTO REI, vem mobilizar a sociedade da região do Distrito do Cristo Rei para serem parceiros da ação “PASCOA SOLIDARIA”. Já estão mobilizados nessa ação além da POLICIA MILITAR, a Coordenação Regional do Cristo Rei – Subprefeitura, o Centro de Referencia e Assistência Social – CRAS, Empresários do Cristo Rei e Alunos do Curso de Informática Básica e manutenção em computadores e prevenção a crimes e violência.
A idéia surgiu de uma conversa entre o Comandante da Base – Cap PM EDYLSON e Coordenador de Cursos DANILLO MORAES, afinal fazer o social não só é parte do papel da Polícia Militar como proteção aos cidadãos, especialmente as crianças como também oportuniza aos alunos do curso da Base do Cristo Rei a colocar em prática o que eles aprendem nas aulas motivacionais, mobilizações sociais, trabalho em equipe, prevenções a crimes virtuais e vários outros.
A ação já iniciada com a arrecadação de chocolates e ovos de chocolate junto a empresários e amigos dos servidores da Base do Cristo Rei e até mesmo dos alunos da Inclusão Digital concretizarão na confecção dos ovos de páscoa dentro do próprio quartel do Cristo Rei. Nesta próxima quarta e quinta feira serão formadas as linhas de fabricação de Ovos de Chocolate e o Coordenador Regional do Cristo Rei Sr. Paulo Roberto (Paulinho) já nos cedeu o freezer para armazenar os ovos.
A distribuição dos Ovos ocorrerá no domingo – 04Abr, e deverá contemplar crianças da comunidade do Cristo Rei, nos itinerários a serem definidos, que dependerá da arrecadação junto a comunidade.
Convocamos as pessoas a colaborar nesta ação para que nossa sociedade de fato faça da PÁSCOA um verdadeiro renascimento de uma sociedade solidária, ordeira e atuante na construção de novas vidas, lembrando-nos sempre que Páscoa é crer, crer que Ele está vivo em nosso meio, vivendo e operando fazendo nós anunciadores de seu projeto e salvação divina, como anunciado na Bíblia:

“Celebrem os filhos de Israel a Páscoa a seu tempo determinado.”
Num. 9,2.

quarta-feira, 24 de março de 2010

BASE COMUNITÁRIA DO CRISTO REI IMPLENTA AS AÇÕES NAS ESCOLAS

O Cap PM EDYLSON FIGUEIREDO PINTEL - Comandante da Base do Cristo Rei vêm implementando as ações preventivas da POLÍCIA MILITAR nas escolas do Distrito do Cristo Rei. No último dia 19Mar foi realizada uma reunião na Base com os diretores dos estabelecimentos de ensino da região do Cristo Rei os quais convocados pelo Comandante compareceram em número satisfatório.

Neste primeiro contato fora estabelecido um contato mais próximo com os diretores e professores de escolas, ensejando uma maior proximidade entre os respensáveis da InstituiçãoPolicial e das Instituições de Ensino - "Geralmente no início do ano letivo surgem os pedidos de rondas e policiamento nas escolas, os quais nunca são suficientes para reduzir oportunidades de cometimento de ilícitos nas escolas ou mesmo envolvendo alunos." disse o Comandante aos diretores.

"O foco da nossa atuação será voltado às ações preventivas e para tanto precisamos do envolvimento dos diretores, professores, alunos e especialmente pais e responsáveis desse discentes." completa o Capitão EDYLSON.

E para tanto foram designados o Cb PM MARCONDES e a Sd PM FLÁVIA como os responsáveis pelo desenvolvimento das ações de POLICIAMENTO ESCOLAR. A ênfase serão as ações preventivas - palestras, conversas com os alunos, implementação do PROERD e PROERD PAIS.

Crianças brasileiras lideram ranking de acesso à internet


Uma pesquisa brasileira, realizada pela Millward Brown Brasil em 12 países, aponta as crianças brasileiras de 4 a 12 anos, como as que mais acessam a internet no mundo todo. De acordo com os resultados apresentados, elas passam cerca de 13 horas online por semana e, como já era de se esperar, o entretenimento é o que mais os anima: do tempo gasto conectado, a maior parte é passada em jogos e similares.

“Muita gente fala que as crianças antes brincavam de bola, na rua, com jogos de tabuleiro. A verdade é que as crianças continuam brincando, só que elas têm à sua disposição agora outras ferramentas”, explica uma das realizadoras da pesquisa, Aline Souza. Gisele Agnelli, a outra autora do estudo, complementa: “Nosso foco são as crianças que já nasceram na era da web 2.0”, e que, claro, seguindo o raciocínio das pesquisadoras, possuem uma outra relação, quem sabe uma outra visão, de entretenimento. É hora de aceitar que, por questões de avanços tecnológicos, segurança e novas rotinas da sociedade, as brincadeiras mudaram, assim como os pequenos.

Mães e crianças das classes A, B e C participaram d a pesquisa, que também mostrou que, apesar das longas horas na frente do computador, dos novos métodos de diversão, id e ias antigas permanecem, só que reformuladas. O antigo diário , por exemplo, virou blog. Os tabuleiros são on-line e, mesmo dentro de casa , é possível interagir com outras pessoas, muito além dos vizinhos e colegas de escola.

“A internet abre um mundo de possibilidades para as crianças e, sem dúvida, estimula o cérebro em inúmeras formas. Uma simples pesquisa é uma forma de estimulação”, explica a pedagoga Cristiane Padilha.

Em um de seus livros mais comentados, iBrain: Surviving the Technological Alteration of the Modern Mind, o psiquiatra americano Gary Small, diretor do Centro de Memória e Envelhecimento da Universidade da Califórnia, em Los Angeles, explica que pesquisar no Google ativa áreas no cérebro mais extensas que normalmente não são estimuladas durante a leitura. De acordo com seus estudos, crianças antenadas com as modernidades são melhores tomadoras de decisões e têm capacidade maior de lidar com vários estímulos sensoriais ao mesmo tempo.

Mas, como toda novidade, há prós e contras. A individualização da criança é uma das consequências inevitáveis das longas horas passadas em frente ao computador, mas a culpada não é só a internet. “A tendência hoje é das crianças terem ou quererem ter televisão e computador no quarto”, explica Gisele. A televisão, sabemos, já está mais presente e o computador segue o mesmo caminho. “Crianças muito acostumadas a usarem somente a internet podem acabar tendo dificuldade de interpretar emoções ao vivo, por exemplo”, complementa o psicólogo João Rogério Lima.

É extensa a lista de vantagens e desvantagens desta superutilização da internet por crianças pequenas, mas há um consenso: bom senso. Com supervisão e sem excessos, é possível aproveitar os benefícios da modernidade.

Adepta do MSN, Ruth Favres, mãe de Diogo e Marina, 6 e 8 anos, respectivamente, confessa que seu diálogo com seus filhos melhorou a partir do momento em que ela começou a usar a ferramenta. “Parece que o fato de eu não estar fisicamente presente, na frente deles, faz com que eles se abram mais facil comigo”.

Mas como saber o que eles estão realmente fazendo?

Outro dado intrigante apontado pela pesquisa mostra que, na verdade, os pais não sabem o que os filhos fazem na internet e, por mais que falem que saibam, ou realmente achem isso, não é verdade. “As crianças normalmente passam o dobro de tempo na internet do que o período apontado pelos pais. E a maioria deles realmente não sabe o que fazer para controlar a navegação, nem como fazer isto. Essa lacuna de tempo entre uma geração e outra acaba dificultando este monitoramento.”, explica Aline.
Fonte Revista Crescer

segunda-feira, 22 de março de 2010

ESTÃO ABERTO OS CICLOS DE PALESTRAS DE COMBATE A PEDOFILIA



Foram Abertos os ciclos de palestras de COMBATE A CRIMES CIBERNÉTICOS E PEDOFILIA, estamos agendando palestras para Escolas e Igrejas alem de outros Municípios por meio dos CONSEG’s e Secretarias de Ação Sociais que nos procuram para levar Seminários e campanhas referentes a esse crime que está aterrorizando nossas crianças. O palestrante DANILLO MORAES, frisa que a maior forma é prevenir, mas para isso devemos conscientizar que a internet é uma excelente ferramenta de trabalho, porem existe pessoas que usam para fazer o mau. A Base de Policia Comunitária do Cristo Rei vem desenvolvendo esse trabalho há um ano e por onde passamos formando MULTIPLICADORES DE COMBATE A PEDOFILIA, pois deixamos materiais onde os mesmo passam a fazer palestras para toda comunidade através do CONSEG local ( Conselho de Segurança Nacional). Vamos juntos erradicar esse crime bárbaro entre em contato, 65-3901-9156 ou 3901-8291 basecristorei@pm.mt.gov.br Falar com Danillo Moraes.

sexta-feira, 19 de março de 2010

GERENTE DA BASE CRISTO REI INCENTIVA NA CAPACITAÇÃO DE MEMBRO DO CONSEG




Gerente da Base de Policia Comunitária do Cristo Rei CAP PM EDYLSON, incentiva presidente do CONSEG DANILLO MORAES a fazer cursos EAD pela Universidade Federal de Santa Catarina em parceria com PRONASCI e SENAD.

Objetivos do Curso

OBJETIVO GERAL
Capacitar os conselheiros municipais e líderes comunitários para atuar na prevenção da violência associada ao uso indevido de álcool e outras drogas.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Capacitar os diversos conselheiros municipais e líderes comunitários para identificação de recursos comunitários para criação, articulação e o fortalecimento da rede de apoio local integrada.
Disponibilizar aos estudantes informações atualizadas acerca do consumo indevido de álcool e outras drogas e sua interface com a temática violência, focalizando a prevenção numa perspectiva de direitos humanos.
Fornecer subsídios para que os Conselheiros e Líderes capacitados possam atuar como agentes multiplicadores na prevenção da violência relacionada ao uso indevido de álcool e outras drogas.

Frisa o CAP EDYLSON que colocara a disposição o laboratório de Informática para que os membros dos demais CONSEG`s possam também ter acesso aos cursos de capacitação no sitema EAD ( Ensino a Distância).

quarta-feira, 17 de março de 2010

BLAIRO MAGGI E SINVAL BARBOSA IMPLANTAM MELHORIAS EM VÁRZEA GRANDE








Hoje, 17mar 2010, O Governador de Estado BLAIRO MAGGI e o Vice Governador SINVAL BARBOSA estiveram nesta manhã em Várzea Grande para trazer melhorias à população várzea-grandense.
Foi inaugurada a sede da União Várzea-grandense de Associações de Bairros - UNIVAB que hoje está sob Presidência de LÁZARO. O prédio que estava em reforma desde a gestão anterior da UNIVAB teve as obras embargadas, e sensibilizado com as questões comunitárias, BLAIRO MAGGI adotou medidas para viabilizar o término das reformas, no mesmo ato o Governo do Estado também assinou convênio para recuperação asfáltica das ruas de Várzea Grande num investimento superior a 2 milhões de reais.
No Distrito do Cristo Rei a sociedade várzea-grandense foi beneficiada mais uma vez com a entrega de um veículo GM/Astra e um Micro Ônibus com plataforma de elevação para cadeirantes e outras reformas no prédio da Associação Várzea-grandense dos Deficientes Físicos (AVDF) que tem como Presidente DINEI.
Percebe-se que os investimentos estão direcionadas diretamente no atendimento à sociedade, especialmente àquelas com maior carência de recursos financeiros. “Isso que o Blairo está fazendo é marcante para mim, porque vai facilitar muito a vida da pessoa que mais amo na minha vida o meu filho!” afirmou emocionada a mãe de uma das crianças assistidas pela AVDF.
Acompanharam os atos do Governo as autoridades do município, dentre elas o prefeito Murilo Domingos, o vice-prefeito Tião Zaeli, os Vereadores Baiano Pereira, Madureira, Toninho do Glória e Cardoso, além do Sub-prefeito Paulo Roberto – o Paulinho. Os representantes da Polícia Militar – Maj PM HÉLDER – Comandante do 4º BPM e o Cap PM EDYLSON – Comandante da Base Comunitária do Cristo Rei, acompanharam a visita das autoridades Estaduais em nosso município.
Paulinho – antecipou alguns pedidos que encaminhará a SINVAL BARBOSA, relacionados ao Distrito do Cristo Rei. Paulinho tem se apresentado como um dos grandes lutadores pela região do Cristo Rei preocupado sempre com o crescimento da região e de seus moradores.

BASE DO CRISTO REI DESMANTELA QUADRILHA ENVOLVIDA EM ROUBO DE MOTOS





Policiais Militares da Base do Cristo Rei conseguiram prender três pessoas envolvidas em roubos de motos em Várzea Grande na tarde de 16Mar. Depois da comunicação de uma vítima, que havia emprestado uma motocicleta Honda/Biz a um funcionário no sábado, este havia “penhorado” tal veículo numa suposta “boca de fumo”.
A vítima que já havia repassado R$ 50,00 ao mesmo funcionário para que o próprio retirasse a motocicleta da tal boca, mas hoje foi surpreendida pelo aumento do valor de “resgate”, indignada, a vítima decidiu procurar a Base do Cristo Rei e denunciar os fatos.
Inicialmente a guarnição do Sd PM BELÉM e Sd PM MOTA detive o tal funcionário, que já aguardava que seu patrão (vítima) acreditando que o mesmo fosse repassar os R$100,00. Surpreso com a guarnição o funcionário informou o endereço da pessoa que estaria a motocicleta. Nesse local a guarnição localizou uma Honda/CG150 com registro de furto no bairro da Manga.
Depois de novas diligências a guarnição deslocou num outra residência onde localizou a motocicleta Honda/Biz.
Ao todo três pessoas foram conduzidas pelas práticas delituosas, e outra pessoa envolvida nos furtos não foi localizado, mas foi identificado, as investigações ficam agora a cargo da Polícia Civil.
O Cap PM EDYLSON destaca que a indignação da sociedade frente a violência e criminalidade deve ser desde os pequenos atos que prejudicam a convivência das pessoas numa sociedade ordeira. “Não se deve esperar que nossa porta seja arrombada, ou pior ainda, como neste caso, indignar pelo “aumento do valor do resgate”, a comunidade deve sim denunciar os crimes evitando uma cultura de impunidade que acaba por fortalecer e organizar os criminosos.”
O Cap PM EDYLSON – Comandante da Base do Cristo Rei continua realizando palestras na comunidade do Cristo Rei buscando o envolvimento da sociedade na construção de uma cultura de paz com base na filosofia de Polícia Comunitária, na qual todos devem envolver-se para solução pacífica dos problemas que afligem a comunidade.

terça-feira, 16 de março de 2010

4 CONSEG’S ATENDERÃO À ÁREA DA BASE DO CRISTO REI




O Comandante da Base do Cristo Rei CAP PM EDYLSON esteve reunido no último dia 12 com os presidentes de bairros do Distrito do Cristo Rei.
A convocação da reunião partiu do próprio Comandante de Base, que teve como principal objetivo a mobilização dos Presidentes de bairro nas questões da Segurança Pública “ Nosso foco é o desenvolvimento de ações preventivas da Polícia Militar para atender às reivindicações das comunidades. Temos que prestar um serviço público, e o nosso usuário é o cidadão e vocês -sociedade - têm que nos informar dos anseios com relação ao serviço prestado na área de segurança pública em cada região e em cada bairro!” frisou o Comandante para as lideranças.

O CAP PM EDYLSON apresentou a comunidade a proposta de implantação de quatro CONSEG´S sendo na região do CRISTO REI, PARQUE DO LAGO, MANGA E ENGORDADOURO. Esta divisão, já aprovada pela COORDENADORIA DE POLICIA COMUNITÁRIA, visa entender com mais precisão as peculiaridades de cada uma dessas micro região. Na filosofia de POLICIA COMUNITÁRIA as ações devem ser voltadas a solução dos problemas locais, e essa divisão visa atender as especificidades de cada uma delas.” Estabeleceu o CAP EDYLSON.

Recentemente já foi; formadas CONSEG do Cristo Rei sendo chamada uma DIRETORIA PROVISÓRIA, e no próximo dia 25 março será efetivada a Diretoria que conduzirá os trabalhos do CONSEG do Cristo Rei pelos próximos dois anos .

Nesta reunião já ficou agendada para a próxima sexta- feira (19 março) uma reunião com as comunidades da região do PARQUE DO LAGO e bairro adjacentes para que seja formado um conselho COMUNITÁRIO DE SEGURANÇA PÚBLICA (CONSEG) para região.
Fotos e Vídeos: Danillo Moraes Webdesigner

video